Por Renniê Paro

Ah…o doce gostinho do primeiro post de teatro na Matraca Cultural.

Estarei com vocês todas as quartas-feiras dissertando e, porque não, discutindo uma das mais antigas formas de arte do mundo.

Para dar início às nossas conversas vou falar sobre um fenômeno que tomou conta dos palcos em todo o mundo: o stand-up comedy. O gênero tem sua origem nos Estados Unidos, no século XIX, quando pessoas eram convidadas para entreter o público antes e nos intervalos de outros espetáculos. Os idealizadores do stand-up comedy foram os famosos MC, ou Mestres de Cerimônia que, além de anunciar as próximas atrações, também tinham o papel de entreter a platéia com temas relacionados ao cotidiano.

O modelo se espalhou com a rapidez de um vírus no Brasil e hoje temos grandes espetáculos em cartaz. Um exemplo é o show Putz Grill do ator e repórter Oscar Filho, do programa Custe o que Custar, ou CQC, da Band. O espetáculo já foi visto por mais de 10 mil pessoas e aborda temas relacionados ao dia-a-dia da população com humor e, nem sempre, de maneira delicada.

Um ônibus lotado, as filas intermináveis por qualquer lugar que se ande em São Paulo (e como paulista gosta de fila), a sala de espera de um médico, as relações amorosas, desafios da profissão ou mesmo o fato de receber visitas em casa são passíveis de serem abordados. Podemos dizer que é uma forma de fazer com que as pessoas encarem as mais diversas situações, mesmo as mais embaraçosas que enfrentamos todos os dias, de uma maneira leve e descontraída. Afinal, como diria o escritor irlandês, Oscar Wilde “A vida é muito importante para ser levada a sério”. O espetáculo está em cartaz no Teatro Shopping Frei Caneca (Rua Frei Caneca, 569), todos os sábados às 23h59 à R$50,00 a entrada inteira.