Por Flávia Lezza

Um cantinho como o quintal de casa. Esse é o objetivo do projeto Lavanderia Comunitária OMO, promovido pela Unilever. O espaço foi construído, em 2004, em uma das maiores comunidades de baixa renda de São Paulo, Heliópolis.
Atualmente a lavanderia atende cerca de 2 mil famílias. Diariamente são, em média, 140 lavagens (quase 4 mil ciclos por mês e 47 mil por ano), sem contar as roupas que são lavadas a mão nos tanques disponíveis. E, como se fosse o quintal de casa, algumas lavadeiras usam o cantinho com varais para secar suas roupas.
O espaço com 108m² tem 36 máquinas de lavar, oito secadoras e 20 tanques, todos conseguidos com o apoio da Brastemp e da UNAS (Associação e Sociedade de Moradores de Heliópolis e São João Clímaco). Para manter a organização e limpeza, algumas mulheres que moram na comunidade trabalham na lavanderia e cuidam também do agendamento para utilização das máquinas, que pode ser feito até um dia antes pessoalmente ou por telefone. O espaço funciona gratuitamente, das 9 às 19 horas, de terça-feira a domingo, e atende em média 50 donas de casa que podem utilizar a lavanderia por até duas horas.
Enquanto as mães lavam a roupa, as crianças têm um cantinho reservado para lazer com filmes e brinquedos recreativos. Tal ação é ligada ao slogan “Se sujar faz bem”, promovido pela OMO.