Por Mariana Bernun


Caiu na rede é peixe

Cá estamos novamente em mais um sabadão de muitos eventos rolando em Sampa. Confesso que foi difícil escolher por apenas uma exposição. Mas, depois de analisar algumas opções, considerei “Água na Oca” a mais viável para o término desta semana.

Terça feira (22) foi o Dia Mundial da Água e, ao contrário de outros anos, este tema foi algo que repercutiu muito nas telinhas, internet e mídias sociais. “Bom dia da água” eu ouvi de algumas pessoas. Presumo que manifestações como esta sejam reflexo do aumento da preocupação da população com o meio ambiente.

Mas, será que todos sabem mesmo a importância da água? Será que sabem o quão escasso este líquido fica a cada dia?

São estas e tantas outras perguntas que a megaexposição no Parque do Ibirapuera, aborda. “Água na Oca” reúne instalações interativas, obras de arte, peças de acervo museológico, aquários reais e virtuais, fotografias e instalações audiovisuais. É claramente um espaço que converge ciência, arte e tecnologia.

Além dos 8000 m² de “muita água”, aquele que for visitar a coletiva neste mês de março e abril,poderá curtir a programação especial de Contação de Histórias e jogos lúdicos, além de palestra com os artistas expositores.

Casa D'Água

Com certeza este é um evento para adultos e crianças, por agregar diversas linguagens de forma bem interessante e interativa. Lembrando que este domingo, por ser o último do mês, a entrada é grátis. Vale dar um pulinho lá Matraqueiros!

Serviço: Água na Oca

Quando: De 26 de novembro de 2010 a 8 de maio de 2011.

*Terças, quartas e sextas-feiras: das 9h às 18h (bilheteria até as 17h)

*Quintas-feiras: das 9h às 21h (bilheteria até as 20h)

*Sábados, domingos e feriados: das 10h às 20h (bilheteria até as 19h)

 

Onde: Parque do Ibirapuera, Vila Mariana, São Paulo

Ingressos: Inteira: R$ 20,00 Estudantes e professores com comprovantes: R$ 10,00 (meia-entrada)

Menores de 7 e maiores de 60 anos com documento não pagam.