Por Flávia Lezza

E para quem pensava que albergue era só para turistas, que procuram conforto e qualidade a preços baixos, eis que a Oficina Boracea muda um pouco esse conceito e transforma o meio de hospedagem em um verdadeiro local de amparo aos que mais necessitam.

Localizado na Barra Funda, zona oeste da capital, o albergue tem capacidade para atender cerca de 600 pessoas entre homens, mulheres e, inclusive, possui quartos específicos para famílias e tem como responsável a entidade Assistência Social Lar Ditoso.

Há também um espaço preparado especialmente para os idosos, construído com a infraestrutura necessária para facilitar a locomoção de homens e mulheres que frequentam a oficina. Dentre as atividades voltadas para os da melhor idade, estão o atendimento de assistência social e saúde, encaminhamentos de aposentadorias e oficinas de alfabetização.

Além desses serviços, a Oficina Boracea conta também com o Restaurante-Escola, este com capacidade para oferecer até 2000 refeições diárias aos moradores, usuários e colaboradores do albergue e também para outros albergues da região. O centro de convívio possui oficina de artes, música, alfabetização e recreação. Já o Telecentro oferece cursos de informática e sala de internet para os moradores da Oficina. Todas essas ações contam com a ajuda de ONGs e Associações.

Essas ações contribuem para conscientizar as pessoas que através da valorização do individuo, é possível que muitas pessoas em situação de rua voltem a ter uma vida digna, com lar, trabalho, alimentação, saúde e segurança.

Anúncios