Por Fernanda Beziaco

Chegamos a mais uma sexta de literatura aqui no matraca, que beleza!
Como já havia comentado antes, nós estamos participando do Book Tour e o livro lido por mim essa semana foi Esquadrão de Gênios, da australiana Catherine Jinks, publicado no Brasil pela editora Farol Literário.

O livro tem muita semelhança com alguns aspectos de filmes como Pequenos Espiões, Duro de Matar 4.0, Missão Impossível, e outros mais. Misturando ação, com super gênios da computação, hackers e tudo isso no cenário Australiano.

Em algumas partes do livro é possível perceber alfinetadas da escritora para algumas posições do governo, ao menos é a impressão que me causou.

A história é centralizada em Cadel, um adolescente muito inteligente que é testemunha contra o Prosper English, um gênio do mal. Por ser a única testemunha disposta a depor contra English, Cadel é vigiado 24 horas por policiais e tem sempre ao seu lado o detetive Saul e sua assistente social Fiona, além de sua melhor amiga Sonja.

Porém, Cadel e Sonja são convidados secretamente a se juntarem ao “Esquadrão de Gênios”, que precisam investigar a empresa GenoMe, e descobrir o que realmente acontece por lá.

Enquanto lida com todos os membros do Esquadrão, Cadel também precisa por toda sua inteligência pra funcionar, sem esquecer de Fiona e Saul.

No começo a história parece lenta e cansativa, mas conforme avançamos a leitura, mais intensa fica a trama.

É um livro inteligente e com muitos detalhes de ficção, um bom roteiro poderia transformar o livro em um filme interessante (se isso já não foi feito).

Enfim, recomendo a leitura e lembro que é necessário um pouco de força de vontade no começo para não perder o estímulo e largar o livro logo nos primeiros capítulos, do quarto capítulo em dianteas coisas começam a ficar mais interessantes.

É isso ai pessoal, sexta que vem tem mais literatura por aqui.

Não esqueçam, abram a matraca antes de sair!

Siga-nos no twitter, sempre rola novidades e promoções por lá @matracacultural e siga também a editoral Farol @farolliterario

Até a próxima!