Por Renniê Paro

Hoje vou escrever sobre filmes, no lugar da Ju Maffia. Fugindo totalmente do perfil que a Ju costuma escrever, vou falar sobre um filme bem “água com açúcar”, como alguns costumam chamar, e que eu adoro!

Os homens que me perdoem, mas o post de hoje é destinado às mulheres. Quem nunca sofreu uma desilusão amorosa que atire o primeiro sutiã. Pior, quem nunca sofreu um desilusão e tinha uma grande amiga ao nosso lado para nos ajudar a acreditar em alguma mentira que alivie a nossa dor?

“Ele não ligou porque deve estar muito ocupado”, “Imagine, ele só está com medo da sua maturidade e independência”, “O seu sucesso profissional deve tê-lo deixado inseguro, mas ele vai te procurar”. Todas essas são frases clássicas de tais momentos.

Em Ele não está tão afim de você, a vida das mulheres é retratada como ela realmente é. Sem cortinas ou lentes cor de rosa, o filme mostra como nós gostamos de nos iludir e criar fantasias sobre as atitudes de alguns caras. A personagem principal, Gigi, sofre uma sequência de relacionamentos mal resolvidos ou vazios, que a levam a contar inúmeras mentirinhas para ela mesma.

No meio de um desses relacionamentos Gigi conhece Alex, amigo do seu mais recente caso terminado, Connor. Alex se torna, aos poucos, um amigo próximo e que joga na cara de Gigi, sem a menor delicadeza, a realidade sobre os homens. “Quando um cara está afim de você, ele corre atrás. Se ele não te ligou é porque não quis, simples assim”. Simples assim…simples assim.

Como se fosse, de fato simples assim. O filme mostra de história de outros dois casais. Um que passa por uma crise, pois o noivo não quer se casar de modo algum, mesmo depois de anos juntos. E um triângulo amoroso que acaba com um casamento aparentemente sólido.

Acredito que as desilusões façam parte da vida. Depois que juntamos os caquinhos sempre aprendemos alguma coisa boa, mesmo que seja o que não fazer (rs).

O importante, e que fica claro no filme, é que, independente de quantas vezes caímos, não podemos desistir do amor. E que, mesmo quando não correspondido, estar apaixonado é sempre uma sensação muito boa! Então, não se prenda a sentimentos antigos ou mágoas, se permita apaixonar…