Por Renniê Paro

Já falamos sobre peças de stand up comedy, dramas, peças que nos fazem refletir sobre nossas próprias vidas e, claro, peças que falam sobre as loucuras de nós, mulheres. Fiquei refletindo e cheguei a conclusão de que ainda não falamos sobre uma parte muito importante do público do teatro: as crianças.

Gente, vamos pensar juntos. Sempre reclamo que muitas pessoas, adultas, não gostam de teatro, não frequentam e nem fazem questão. Depois de uma certa idade fica quase impossível mudar certos hábitos. Porque não começar a educar nossas crianças a frequentar o teatro desde já?

Sim, os papais de plantão, ou padrinhos, madrinhas (como é o meu caso) têm inúmeras opções de divertimentos nos teatros de São Paulo. Vou dar aqui uma pequena dica. Que tal um espetáculo sobre um grilo super esperto, com seu piano mágico, que coloca em polvorosa seu lindo jardim encantado. Ele chama pra brincar quatro duendes muito travessos: Jaca, Jeca, Jica e Joca. O Jardim dos Duentes se passa em meio a música e muita confusão e os personagens decidem salvar o mundo. Como termina essa história? É só levar os seus pequeninos ao teatro.

Enfim, peças que mexem com a imaginação das crianças não faltam na cidade. Basta ter um pouquinho de boa vontade (e paciência) para ensinar seus filhos, netos, sobrinhos…a amar uma das mais belas artes do mundo.