Por Fernanda Beziaco

Olá leitores, como estão nesta quarta chuvosa? Não se assustem, esta semana mudamos um pouco as coisas. Hoje quem vai falar de teatro sou eu e não a Renniê como de costume e quem vai falar de livro na sexta é o nosso matraqueiro Antonio.

Temos vários bons motivos para isso, o primeiro é que a Renniê escreveu sobre música ontem. Eu assisti a uma peça muito bacana no sábado e resolvi falar dela para vocês e o Antonio está preparando um post muito legal para sexta. Pronto! Resolvida esta questão, vamos ao que interessa.

O Casamento Suspeitoso é uma comédia, mas não é uma comédia qualquer, o texto é do dramaturgo brasileiro, romancista e poeta Ariano Suassuna – que vocês já devem conhecer por uma de suas obras mais famosas “Auto da Compadecida”, escrito em 1957.Com direção de Sérgio Ferrara, o espetáculo aproxima o espectador da cultura nordestina, já que resgata o estilo cordel.

A história fará você rir muito. Com elementos como traição e malandragem, quem assiste vê os desdobramentos de Lucia que quer casar com Geraldo por interesse, e que tenta a todo custo realizar a cerimonia antes do amanhecer. A mãe de Geraldo é uma velha rabugenta que não está a favor do casório. Os espertos e atrapalhados Cancão e Gaspar, empregados da família vão aprontar muito para impedir a união do casal. O próprio Geraldo está sempre em cima do muro. E outros personagens vão compondo o enredo. É o golpe do baú!


Quem interpreta Lucia é nada mais nada menos que Susana Alves (a ex-tiazinha, lembram?), foi uma surpresa para mim, pois foi bem melhor do que eu imaginava que seria. Como o elenco é grande, é difícil dizer quem foi melhor, o conjunto foi bom por inteiro.

Esta é a dica para você dar umas risadas e sem gastar muito!

A peça está em cartaz no Teatro do SESI – São Paulo.

Clique aqui para ver os preços, horários e endereço.

Até a próxima semana!