por Flávia Ferreira

A partir de amanhã, 2 de setembro, a Matilha Cultural dará inicio ao “Setembro Verde”. A iniciativa conta com uma programação repleta de ações sobre questões sócio-ambientais, e como você não pode ficar de fora das atividades, o Matraca vai te ajudar dando dicas do que vai rolar na cidade, durante este mês, em prol desta causa.

O Setembro Verde reunirá diversas atividades culturais como mostra de filmes, música, exposições, debates e eventos que abordarão temas como Código Florestal, a construção da usina de Belo Monte, a mobilidade em São Paulo, além de projetos e eventos que já adotaram princípios de sustentabilidade. Ou seja, um evento para aproximar e conscientizar a todos. Vamos conhecer a programação?

Galeria – Um painel, por meio de conteúdo fornecido pelos parceiros da iniciativa, mapeará os seguintes temas: Florestas, Energia, Mobilidade, Emissões de Gases do Efeito Estufa e Violência no Campo/Trabalho Escravo, ilustrando os principais dilemas do modelo de desenvolvimento brasileiro hoje. As paredes serão ocupadas por imagens, informações e materiais audiovisuais. Além disso, a abertura do evento terá a participação da artista argentina Marina Zumi, que irá praticar livepainting.

Cinema – Em parceria com o CineClube Socioambiental Crisantempo, o Goethe Institut SP e o Festival Entretodos, a Mostra Matilha Cultural Setembro Verde será composta por 15 longas e seis curtas-metragem. Farão parte da programação filmes como “Às Margens do Xingu – vozes não consideradas”, “O veneno está à mesa”, “Receitas de um Desastre”, “Caminhos da Mantiqueira” e “Caminhos da Mantiqueira”.

Arena Setembro Verde – A arena da Matilha será usada para reuniões, debates e shows. O Movimento SWU – Starts With You marcará presença na Matilha e discutirá, por meio de mini fóruns, alguns dos problemas ambientais. O Teatro Silva também participará com oficinas que fazem parte do processo de educação ambiental para construção do primeiro ecoteatro da cidade. O Movimento Xingu Vivo Para Sempre (MXVPS), coletivo de organizações e movimentos sociais e ambientalistas que, historicamente, vem se opondo à instalação da hidrelétrica de Belo Monte no rio Xingu, também estará por lá. E ainda terá shows da banda Zafenate, QG Imperial.

Intervenções nas ruas – Entre os dias 16 e 24 de setembro, várias ações concentradas estão programadas. A intenção é levar o conteúdo da ocupação para as ruas e, ao mesmo tempo, apoiar mobilizações e iniciativas de parceiros como: Vaga Viva, Marcha Moving Planet e Ocupação Ersilia.

Oficinas & eventos de parceiros em outros espaços – Para ampliar a divulgação do conteúdo e a mobilização do público. Veja abaixo a data e local destes eventos:

 

– Show com Criolo no encerramento da Mostra Entretodos de curtas sobre direitos humanos
25/09 às 15h no Parque da Aclimação

– Feira de Trocas do Cineclube Socioambiental
04/09 das 14h – 17h na Sala Crisantempo- Rua Fidalga, 521 – Vila Madalena

– Projeto CONTEM® – Mercado de sustentabilidade, moda, gastronomia, design e arte
local e horários a serem definidos

– Oficinas de confecção artesanal de tamborins com materiais reciclados – Projeto Samba do Monte
Todos os sábados de setembro. Das 9h às11h no Centro Cultural Monte Azul

– Roda de Samba – Samba do Monte
11/09 a partir das 16h no Centro Cultural Monte Azul

– Oficinas Teatro Silva, UAUA, Reciclaflores
10/09 – oficina de composteiras caseiras 17/09 – oficinas “Debate e encena” e “estruturas corporais” Local: Teatro Silva

– Mês da Cultura Independente – Centro de Cultura da Juventude/ Secretaria Muncipal de Cultura: shows e festas de rua que terão coleta seletiva do lixo
02/09 – 18h às 06h: Festa de abertura no Largo do Paysandu – Centro
11/09 – 15h- Lançamento EP Emicida com show ao lado do CCJ – Vila Nova Cachoeirinha
18/09 – 15h – Cinetério – exibição de filme + pocket show na praça do cemitério da Vila Nova Cachoeirinha

– Cineclube & atividades culturais nas ocupações do centro de São Paulo com coletivo Comboio / sábados – ocupação Prestes Maia (Av. Prestes Maia 911, prédio A, 9o andar)

Das 16h às 19h: construção do núcleo cultural Das 19h às 21h: CineComboio

 

A programação completa com datas, horários e endereços, você confere no site da Matilha Cultural.

Matilha Cultural

www.matilhacultural.com.br

Rua Rego Freitas, 542

Horários de funcionamento: terça-feira a sábado, das 12h às 20h Wi-fi grátis Cartões: VISA (débito/crédito) Entrada livre e gratuita, inclusive para cães