Por Marco Barone

Vamos confessar: não há, no mundo, alguém que não tenha tentando descobrir o que significou o sonho que ele teve na última noite… se alguém ou algo tentou nos dizer algo por meio do sonho. O mundo onírico sempre nos causou curiosidade ou até medo. Enfim, sonhar é um fenômeno que sempre chamou poderosamente a atenção do ser humano.

Em culturas antigas – e em muitas atuais – os sonhos podem ser portais para o conhecimento. Um caminho que nos leva ao passado e ao futuro. Não há religião – independentemente da crença – que não tenha relação com algo relativo ao sonho. Vamos a algumas curiosidades relativas a mundo de Morfeu.

A primeira é, claro, quem foi Morfeu. Ele é o deus grego dos sonhos, que tem a habilidade de assumir qualquer forma humana e aparecer nos sonhos das pessoas como se fosse a pessoa amada por aquele determinado indivíduo. Sonhos podem ser coloridos e preto e branco. Ser ou não ser colorido depende da cada pessoa. Estudos apontam que um total de 12% da população sonha exclusivamente em preto e branco. O restante sonha em cores. Já para os cegos, como não têm o componente visual, os sonhos são mais ricos em sensações auditivas e táteis. Mas uma coisa é certa: todos sonham.

Todos sonham, em média, cerca de 20% a 25% do período que este em sono profundo, o chamado REM (Rapid Eye Movement). Portanto, um indivíduo que dorme oito horas por dia, pode sonhar entre uma hora e meia e duas horas. Os sonhos podem durar alguns segundos, como também mais de uma hora. O sonho comum dura de dez a 40 minutos.

Uma das maiores preocupações para muitos é por que não conseguimos lembrar de nossos sonhos. Segundo estudos neurológicos, todos podem lembrar de tudo o que sonhou, mas é uma questão de hábito. Para recordar é preciso ter tempo de passar o que sonhamos para a memória, por isso precisamos permanecer um pouco acordados após o sonho, para que os pensamentos sejam registrados. Muitos acreditam que, ao acordar, para lembrar, não podemos passar a mão da cabeça. Mas isso é só superstição.

O significado dos sonhos é o maior mistério que existe. De acordo com a cultura de cada povo ou crença, eles têm significado sim. Mas, à luz da ciência, a interpretação é algo folclórico, pois os acontecimentos não têm um significado oculto, eles são bem claros. Cada pessoa pode entender o que sonhou, mas não necessariamente outra pessoa, pois não uma significação universal, que valha para todos.

Outro grande mistério é se podemos controlar os sonhos. Acabar logo com aquele pesadelo, manter aquele sonho com a pessoa amada é possível sim ou voltar a um sonho bom que tivemos antes. Basta exercitar a concentração, meditar sobre um tema e ter atenção antes de dormir são algumas das melhores maneiras.

O pesadelo é – desculpem-me, mas não dá para resistir – um pesadelo para todos. Mas mesmo eles têm suas causas e podem ser controlados. Eles podem ter origem em efeitos psicológicos, em causas médicas e também por estresse pós-traumático. Experiências muito ruins, como um acidente traumático, podem levar o indivíduo a reviver essa experiência nos sonhos. Da mesma forma que os sonhos, eles podem ser controlados basta um exercício. Em alguns casos extremos, um médico ajuda e muito.

Homens tendem a sonhar mais com outros homens, enquanto as mulheres tendem a sonhar igualmente sobre homens e mulheres. Além disso, tanto os homens como as mulheres relacionaram reações físicas aos seus sonhos independentemente se o sonho é de natureza sexual.

Por mais que você queira acreditar, não há pessoas estranhas em nossos sonhos. Na realidade, são rostos de pessoas reais, que você viu durante sua vida, mas você pode não saber ou não lembrar. Tá, isso pode ter lhe frustrado…

O ronco não incomoda só que está do seu lado, mas a você também. Quando você está roncando, você não está sonhando.

Bem, acho que posso ter “acabado com algum sonho seu”. Mas como nosso espaço é para cultura inútil e curiosidades, meu sonho é que alguma dessas informações sirva para você em alguma conversa de barzinho. Esse é meu sonho…