Hoje temos mais uma convidada especial. A jornalista e analista de mídias sociais, Dayane, ou melhor, Day 🙂

Por Dayane Andrade

Censurado em seu lançamento pelo conteúdo “homoerótico”, O Retrato de Dorian Gray, um romance de Oscar Wilde, hoje é considerado um dos maiores romances da literatura moderna.

O sensato pintor Basílio Hallward não poderia imaginar que a sua melhor obra de arte fosse transformar a vida de todos à sua volta, principalmente daquele que foi a sua maior inspiração.

Dorian Gray, ainda era um jovem quando conheceu Basílio em uma dessas festas da alta sociedade do século XIX, daí para torna-se seu modelo foi uma conseqüência da amizade que surgiu entre ambos.

Em Basílio, Gray despertou uma paixão completamente platônica e foi responsável pelas melhores obras do pintor. Mas o jovem não correspondia a este sentimento, e quando conheceu Lorde Henry Wotton – amigo de Basílio – , um aristocrata que tinha como visão de mundo o culto à beleza e à busca pelo prazer, o jovem se desinteressa pela amizade com o pintor e se deslumbra pelos costumes mundanos.

Ao terminar o retrato de Dorian Gray, Basílio está extasiado de tanta perfeição. Mas, Dorian sente-se ameaçado ao ter que encarar a realidade de que sua beleza ficaria imortalizada em um quadro, ao ponto que fosse envelhecendo e perdendo os melhores momentos de sua vida. Foi então que o jovem desejou:

“Seu eu ficasse sempre jovem, e este retrato envelhecesse! Por isso – por isso – eu daria tudo! Sim, não há nada no mundo que eu não desse! Daria até a minha própria alma!”

Mal saberia Doria Gray que este desejo seria a ruína de sua vida, que a partir daí foi repleta de excentricidade, aventuras amorosas, amarguras, vícios, desafetos, desilusões… Ao longo de seus muitos anos, as marcas da vida não haviam causado nenhuma alteração em sua beleza exuberante, mas não é possível dizer o mesmo do seu retrato.

Perda da alma em troca de prazeres e juventude eterna, este é o enredo de O Retrato de Dorian Gray. Se você ainda não leu este clássico, vale a pena mergulhar nesta história para desvendar se o jovem suportará o preço deste demito desejo.