Por Renniê Paro

Pessoal, o post de hoje é quase um desabafo (rs).

Olhem a situação. Eu tenho uma amadíssima afilhada de apenas quatro aninhos de idade. Ela é um amor e sempre procuro levá-la para passear e conhecer coisas e lugares novos e divertidos em São Paulo. Como escrevo, e amo, teatro pensei em apresentá-la a essa arte para que tome gosto desde pequena.

Procurei peças infantis e vi que em março estreia a peça de um dos personagens infantis mais famosos de todos os tempos, Bob Esponja. O espetáculo Bob Esponja: A Esponja que podia voar, é um musical baseado no episódio O Episódio Perdido / A Esponja que Podia Voar e apresenta um cenário mágico que transporta o público ao mundo subaquático do Bob Esponja, a adorável esponja marinha, seu melhor amigo, a estrela-do-mar (Patrick), e todos os outros que vivem na Fenda do Biquíni em um emocionante espetáculo ao vivo.

Até ai tudo lindo. Mas, quando entrei no site para comprar os ingressos me deparei com preços exorbitantes para uma peça infantil. A entrada inteira está na faixa de R$ 180,00. Daí, passo a entender o porquê das pessoas não frequentarem o teatro. Se os pais tivessem condições de levar seus filhos para assistir as mais diversas peças, talvez fosse possível criar uma nova cultura no Brasil, e tornar o teatro um dos entretenimentos mais requisitados.

Entendo perfeitamente que a produção não é algo barato, mas poxa, é um show voltado à crianças, os preços deveriam ser mais acessíveis.

O que conforta é saber que existem em São Paulo inúmeras oportunidades para levar os pequeninos ao teatro e por preços ótimos, quando não por preço nenhum!

O que nos resta é pesquisar e pesquisar cada vez mais.

Gostaria muito de levar minha afilhada para ver Bob Esponja, mas achei um desaforo pagar valores como este.

Fica o alerta para as produtoras de espetáculos infantis, deem uma aliviada nos preços para que todas as crianças possam frequentar os teatros e peças na cidade de São Paulo.

Anúncios