Exposição


Por Mariana Bernun

Olá, Matraqueiros sejam bem-vindos a mais um sabadão!
Hoje trago-lhes um pintor de expressiva importância, e que todos um dia já ouviram falar ou estudaram nas aulas de artes do colégio. O cara é ninguém mais ninguém menos que Cândido Portinari, um artista plástico brasileiro com legado de mais de cinco mil obras.

Dentre suas produções, Guerra e Paz (1952-1956) é uma das maiores cobiças de pesquisadores e amantes das artes. A peça teve apenas uma aparição ao público, em uma cerimônia no Teatro Municipal do Rio de Janeiro, em 1956.

Os paineis, cada um com aproximadamente 14X10, foram encomendados pelo governo brasileiro e ficaram instalados na sede da ONU (Organização da Nações Unidas) em Nova York até 2010, quando eles resolveram fazer uma reforma no prédio, momento exato para solicitar uma restauração às telas de Portinari.

É aí que chega a parte boa! Guerra e Paz foi restaurado e disponibilizado ao público no Memorial da América Latina este ano. E uma obra de aproximadamente 60 anos e tão querida, que não pode ser ignorada. Sugiro a todos uma visita, pois nestas telas é perceptível o tom sensível do pintor em que Guerra significa o sofrimento e Paz as coisas simples da vida.

Serviço:

Guerra e Paz
Data: até dia 21 de abril
Horário: Terça a domingo, das 9h às 18h
Local: Memorial da América Latina – Av. Auro Soares de Moura Andrade, 664 – Barra Funda
Gratuito

Por Mariana Bernun

Image

São tantos eventos acontecendo simultaneamente em Sampa, que fica até difícil escolher um para contar a vocês. Mas depois de muito matutar, lembrei que dia 5 de março, um ícone da música contemporânea brasileira nascia. Era ele, Heitor Villa-Lobos, que na minha concepção, é um dos compositores que melhor representa o Brasil em notas musicais.

Lembro-me de quando eu tinha 11 anos, e todas as manhãs de terça e quinta me aventurava pelo Centro de São Paulo, com meu violino nas costas em direção ao antigo prédio do Mappin, no Viaduto do Chá. É nesta lembrança que me vem “Trenzinho Caipira” como uma das mais famosas músicas de Villa-Lobos, e também uma das primeiras canções que aprendi no meu instrumento. E que apesar de representar o som de uma locomotiva, para mim, demonstra a melodia dos meus largos e apressados passos em direção às aulas de música.

Em homenagem a este celebre homem, divido com vocês a exposição Viva Villa! Pelo Brasil, que terá início nesta segunda (05), no Shopping Villa Lobos. A instalação será dividida em três sessões e reúne partituras originais, discos, instrumentos e objetos pessoais de Villa-Lobos.

Uma das principais atrações da Mostra é a referência cenográfica do Trenzinho Caipira, que tem o intuito de relacionar as influencias locais na vida e obra do artista. O trem passa pelo sertão do Brasil, Paris, Amazônia e Estados Unidos. Todos, lugares de significância ao carioca.

Serviços:

Viva Villa! Pelo Brasil
Onde: Shopping Villa Lobos
Endereço: Avenida das Nações Unidas, 4.777
Quando: de 05 de março a 15 de abril
Horário:  das 11h às 22h